Cientistas descobrem substância que deixa humanos invisíveis pros mosquitos

On 21 de janeiro de 2014 by Lebeh Brecho

O zumbido dos pernilongos e até mesmo a coceira depois da picada são insuportáveis. Pesquisadores americanos, que apresentaram resultados no Encontro Nacional Sociedade de Americana de Química, realizado nos Estados Unidos, fizeram experimentos com uma gaiola, lançando diversas substâncias químicas da pele humana pra ver quais atraíam o maior número de insetos. O ácido lático, comum no suor, atraiu cerca de 90%, enquanto outras substâncias não geraram qualquer reação da parte dos mosquitos – a isso se dá o nome de anosmia, a incapacidade de sentir odores.

Mosquitoes1

A juntar às descobertas, os pesquisadores verificaram que o composto 1-methylpiperazine bloqueia o olfato de mosquitos, o que explicaria por que umas pessoas são mais picadas que outras. A partir daqui, podem ser dados grandes passos na produção de repelentes, cosméticos, loções ou mesmo roupa que inclua essas substâncias e facilite a nossa vida.

Ainda não está pronto pra ser comercializada, mas a descoberta desse composto já é um grande passo para a ciência, pois não só o fato da coceira ou do zumbido, mas mais do que isso, eles são transmissores de doenças potencialmente fatais, como a malária, a dengue ou a febre amarela. Por isso, pode ser tão importante a descoberta de uma substância na pele humana com capacidade não pra afastar (pra isso servem os repelentes) mas, mais eficaz ainda, pra não deixar os insetos sentirem o cheiro das pessoas.

 Fonte- hypeness

Deixe uma resposta